Windows Containers–Instalando o Docker no Windows

Introdução

Nesse artigo, irei explicar os passos para instalar o Docker no Windows utilizando o Powershell. Nos próximos artigos irei explicar como CRIAR um Container, as DIFERENÇAS, e o GERENCIAMENTO dos mesmos em um ambiente Windows.

Passo 1

Instale o Windows Server 2016 com a experiência Desktop.

Passo 2

Abra o PowerShell ISE como administrador

image

Instale a Feature Container do Windows e reinicie seu servidor usando os comandos do PowerShell abaixo.

Install-WindowsFeature containers
Restart-Computer –Force

image

Continuar lendo

Windows Cloud – Storage Space Replica – Requisitos

Introdução

Esse artigo tem como objetivo explanar os requisitos para a implantação do Storage Space Replica.

Requisitos Gerais

– Windows 2016 Datacenter Edition;

– Active Directory (Autenticação Kerberos);

– Discos do Storage iniciados em GPT;

– Mesma geometria de discos e particionamento de discos;

– Espaço livre para logs;

– Não replicar paginação, SystemRoot, hibernação, arquivos de dump ou similares. Replicar apenas discos de dados envolvidos no Storage Space;

– Portas liberadas no firewall ICMP, SMB e WS-MAN (Windows Server Management);

Requisitos Storage Space Stretch

– Active Directory Domain Services (não precisa executar o Windows Server 2016);

– Pelo menos dois servidores com Windows Server 2016 instalados;

– Dois conjuntos de armazenamento compartilhado, usando SAS JBODs, Fibre Channel SAN, VHDX Shared, ou iSCSI Target. O armazenamento deve conter uma mistura de mídias HDD e SSD e deve apoiar Reserva Persistente;

– Configurações do armazenamento: Você vai fazer com que cada de armazenamento definido disponível para dois dos servidores somente (assimétricas). Cada conjunto de armazenamento deve permitir a criação de pelo menos dois discos virtuais, um para dados replicados e um para logs. O armazenamento físico devem ter as mesmas dimensões do setor em todos os discos de dados. O armazenamento físico devem ter as mesmas dimensões do setor em todos os discos de log;

– Pelo menos uma conexão 1GbE em cada servidor para replicação síncrona, mas de preferência RDMA;

– Pelo menos 2 GB de RAM e dois núcleos por servidor;

– Você vai precisar de mais memória e núcleos para mais máquinas virtuais;

– Regras de firewall e roteador adequadas para permitir ICMP, SMB (porta 445, além de 5445 para SMB Direto) e WS-MAN (porta 5985) o tráfego bidirecional entre todos os nós. Uma rede entre os servidores com largura de banda suficiente para conter seu escrever carga de trabalho IO e uma média de = 5 ms de latência de ida e volta, para a replicação síncrona. replicação assíncrona não tem uma recomendação de latência;

– O armazenamento replicado não pode ser localizado na unidade que contém a pasta do sistema operacional Windows;

Windows Cloud – Storage Space Replica – Tipos

Stretch Cluster

Cenário onde dois nós compartilham um conjunto de armazenamento e dois nós compartilham um outro conjunto de armazenamento e em seguida, a replicação mantém ambos os conjuntos de armazenamento espelhado no cluster para permitir o failover imediato. Estes nodos e o seu armazenamento deve estar localizado em locais físicos distintos, embora não seja necessário.

Diagram showing two nodes in Redmond replicating with two nodes of the same cluster in the Bellevue site

Cluster to Cluster

Nesse cenário você irá preparar esses computadores e armazenamento em uma configuração de cluster para cluster, onde um cluster replica seu próprio conjunto de armazenamento com outro cluster e seu conjunto de armazenamento. Estes nodos e o seu armazenamento devem estar localizado em locais físicos distintos.

Diagram showing an example environment with a cluster in the Redmond site replicating with a cluster in the Bellevue site

Server to Server

Você pode  configurar dois servidores para sincronizar dados de modo que cada um tem uma cópia idêntica do mesmo volume.

Diagram showing a server in Building 5 replicating with a server in Building 9

Windows Cloud – Storage Space – Introdução

Introdução

É uma tecnologia do Windows e Windows Server que permite que você virtualize o armazenamento através do agrupamento de discos de padrão industrial nos pools de armazenamento e crie espaços de armazenamento por meio da capacidade disponível nos pools de armazenamento. Este tópico apresenta uma visão geral da tecnologia e da nova funcionalidade Espaços de Armazenamento no R2 do Windows Server 2012 e aprimorada no Windows Server 2016.

Storage Space

A funcionalidade Espaços de Armazenamento possibilita soluções de armazenamento econômicas, de alta disponibilidade, dimensionáveis e flexíveis para implantações (físicas ou virtuais) críticas para a empresa. Os Espaços de Armazenamento fornecem recursos sofisticados de virtualização do armazenamento, que permitem que os clientes utilizem armazenamento padrão do setor para um único computador e implantações dimensionáveis com vários nós. Eles são adequados para uma grande variedade de clientes, inclusive corporações e empresas de hospedagem em nuvem, que usam o Windows Server para armazenamento altamente disponível que poderá crescer com a demanda a um custo compensador.

Com os Espaços de Armazenamento, a pilha de armazenamento do Windows foi essencialmente aprimorada para incorporar duas novas abstrações:

Pools de armazenamento. Uma coleção de discos físicos que permite agregar discos, expandir a capacidade de forma flexível e delegar a administração.

Espaços de armazenamento. Discos virtuais criados a partir do espaço livre em um pool de armazenamento. Os espaços de armazenamento possuem atributos como nível de resiliência, camadas de armazenamento, provisionamento fixo e controle administrativo preciso.

Storage Space Replica

Funcionalidade disponível no Windows Server 2016, que tem a capacidade de replicar volumes inteiros a nível de bloco de forma síncrona ou assíncrona.

Este recurso serve para cenários de recuperação de desastres em que é necessária uma cópia de segurança “online” para um rápido failover em caso de uma grande catástrofe.

Storage Space Direct

Feature semelhante a um RAID, mas em nível de software. O Storage Spaces do Windows Server 2016 tem acapacidade de construir um sistema de armazenamento altamente disponível usando discos ligados diretamente a cada nodo de um Cluster.

Microsoft Curah! – Seja um Curador da Web

Olá Pessoal, hoje trago um tema bem importante o Microsoft Curah!



O Microsoft Curah! é um local onde você pode compartilhar seu conhecimento através de seleção de artigos, livros, vídeos, materiais unindo-os por assunto, inserindo tags, publicando e compartilhando com a comunidade técnica.


Passos:

– Escolha um Tema;


– Selecione os links dos artigos, conteúdos, e-books, vídeos que abordem o tema;


– Publique no Microsoft Curah!


Inicie suas contribuições ainda hoje e ajude esse incrível portal de conteúdo!

Até a próxima!

Technet Wiki – Azure Summit Brasil

Veja o post original no Technet aqui.

Olá Comunidade Técnica Microsoft!

Hoje domingo final de semana surpresa e irei falar sobre o maior evento da Cloud do país, o Azure Summit Brasil 2014, que acontece na Sede da Microsoft em São Paulo nos próximos dias 10 e 11 de Outubro!

– Microsoft Azure

Para quem não conhece, o Azure da Microsoft é uma plataforma em nuvem aberta e flexível que permite criar, implantar e gerenciar aplicativos rapidamente em uma rede global de servidores e soluções.

– Você sabia?

+ de 57% das empresas da Fortune 500 usam o Microsoft Azure?

Assinantes MSDN possuem horas para uso no Microsoft Azure?

Você só usa o que pagar? Um exemplo prático é um Load Test, imagine o quanto você economiza em testes, alocando recursos apenas quando necessário?

As virtualizações são extremamente rápidas, incluindo recursos de disco SSD?

Que o custo/benefício é extremamente atraente?

– Sobre o Evento

É um evento sobre Cloud usando as tecnologias e soluções da Microsoft.

– Grade

Serão abordados diversos assuntos como:

Azure Websites
IaaS Azure
Bigdata com Azure
Por que adotar o Microsoft Azure

E muitos outros assuntos. Veja a grade completa aqui.

Palestrantes

Contará com diversos palestrantes de peso na comunidade técnica como MVP, MCT, Evangelistas Microsoft, Microsoft PFE, TechNet Wiki Ninjas como:

André Dias, MVP em Application Lifecycle Management

Daniel Donda, MVP e TechNet Wiki Ninja

Evilázaro Alves, MVP em Azure

Fábio Hara, Technical Evangelist da Microsoft Brasil

Josué Vidal, MVP em System Center

Thiago Zavaschi, PFE da Microsoft Brasil

Ricardo Serradas, MCSD ALM e MCT

E muitos outros!

Não percam esse grande evento. E quem quiser se familiarizar mais sobre os assuntos, acesse o Portal do TechNet Wiki e conheça mais sobre o Microsoft Azure!

– Inscrições

Para se inscrever acesse o site:

https://www.sympla.com.br/azure-summit-brasil-2014__23705

Lembre-se que são dois dias de evento, 10/Out e 11/Out, sendo dia 10/Out voltado a Business e dia 11/Out voltado a Técnico!

Até a próxima!
Alan Carlos
TechNet Wiki Ninja

ALM–Quer saber tudo sobre ALM (Application Lifecycle Management)?

Quer conhecer mais sobre ALM (Application Lifecycle Management), Visual Studio e Dev? Separei alguns blogs e portais dos feras da área:

 

image   image   image image

 

Treinamentos Online Gratuitos

Microsoft Virtual Academy – ALM

Microsoft Virtual Academy – Visual Studio


Páginas e Portais

ALM Brasil

ALM Rangers

Technet Wiki Brasil – ALM


Blogs e Grupos

Blog do Adriano Bertucci

Blog do Alan Moraes

Blog do André Dias

Blog do Daniel Oliveira

Blog do Igor Abade

Blog do Ramon Durães

Blog do Robson Castilho

Blog BR Soluções

Blog Lambda3

Grupo ALM Facebook

Log mais coloco mais blogs e portais!

Um forte abraço a todos!

Alan Carlos, Wiki Ninja