DevOps–02 Passos para Coletar Dados de Servidores

Introdução

Esse artigo tem como finalidade explicar dois simples passos de como coletar dados de servidores Windows como:

– Serviços que estão em execução;
– Contas de Serviços;
– Caminho dos executáveis de serviços;
– Versão e edição do Sistema Operacional;
– Informações do Hardware (tamanho de disco, quantidade de processadores, velocidade, etc.);
– Aplicativos instalados, versões e Build;
– Tarefas em execução;
– Variáveis de ambiente;
– Entre outras informações.

Continuar lendo

Séries ALM–Gerenciando Plano de Testes – Clone

Olá nesse artigo, demonstrei um cenário muito comum, onde comumente as equipes de testes tem retrabalhos com enormes planilhas de casos de testes feitas em Excel ou reescrevendo casos de testes para compilações paralelas de uma mesma versão de software.

Imagine que você está na compilação 1.0 de seu software e há mais de 500 Casos de Testes escritos em seu Plano de Testes, e a equipe de desenvolvimento libera a compilação 2.0 onde a equipe de testes deverá testar em paralelo as duas versões.

Usando o Test Manager, você faz esse gestão com apenas um passo:

Clonar Plano de Testes.

Para isso, siga os passos abaixo:

image

Você pode clonar o Plano de Testes, Suite de Testes e os Requisitos. E determinar em qual área e iteração que o clone irá para ser usado.

image

Espero ter ajudado e até a próxima!

Alan Carlos

Séries ALM–Coletores de informações

No Microsoft Visual Studio Test Professional, temos o MTM onde podemos utilizar para realizarmos nossos testes. O Microsoft Test Manager é uma ferramenta poderosa e muito útil, com diversos utilitário e dentre eles destaco os coletores.

Esses coletores servem para nos apoiar a identifcar um BUG, reproduzir passos, automatizar testes. Veja abaixo como ativar e para que serve cada um:

image

image

Action Log – Log de Ações – Captura todos os passos e cliques que você executar no computador, gerando depois um código C# que pode ser reaproveitado em fazendo o teste de forma “automática”reproduzindo o que você fez, ou você pode garimpar esse código e transformá-lo de fato em um teste automatizado. Essa captura só funciona no modo cliente (execução local).

ASP.NET Client Proxy for IntelliTrace and Test Impact – Proxy para apoio na coleta de aplicativos Web de Servidores quando você ativa o IntelliTrace. Use sempre que seu cliente for um Web Server.

Code Coverage – Cobertura de Código – Coletar para capturar dados de códigos de aplicações ASP.NET que rodam no Internet Information Services.

Event Log – Log de Eventos – Captura os eventos do Windows conforme a execução do teste. Muito úitl, pois caso dê uma exceção no momento do teste, a mesma estará possivelmente registrada no evento. Serve local como remoto (cliente e servidor).

IntelliTrace – Fornece a visão detalhada do comportamento de um aplicativo. (cliente e servidor)

Screen and Voice Recorder – Gravação em vídeo e áudio do seu desktop no momento do teste. Muito útil em situações como

System Information – Informações completas do sistema. (cliente e servidor).

Test Impact – Ajuda a decidir quais testes precisam ser executados novamente quando for liberada uma próxima build. (cliente e servidor).’

Espero ter ajudado e até a próxima!

Alan Carlos