Windows Cloud – Storage Space Replica – Requisitos

Introdução

Esse artigo tem como objetivo explanar os requisitos para a implantação do Storage Space Replica.

Requisitos Gerais

– Windows 2016 Datacenter Edition;

– Active Directory (Autenticação Kerberos);

– Discos do Storage iniciados em GPT;

– Mesma geometria de discos e particionamento de discos;

– Espaço livre para logs;

– Não replicar paginação, SystemRoot, hibernação, arquivos de dump ou similares. Replicar apenas discos de dados envolvidos no Storage Space;

– Portas liberadas no firewall ICMP, SMB e WS-MAN (Windows Server Management);

Requisitos Storage Space Stretch

– Active Directory Domain Services (não precisa executar o Windows Server 2016);

– Pelo menos dois servidores com Windows Server 2016 instalados;

– Dois conjuntos de armazenamento compartilhado, usando SAS JBODs, Fibre Channel SAN, VHDX Shared, ou iSCSI Target. O armazenamento deve conter uma mistura de mídias HDD e SSD e deve apoiar Reserva Persistente;

– Configurações do armazenamento: Você vai fazer com que cada de armazenamento definido disponível para dois dos servidores somente (assimétricas). Cada conjunto de armazenamento deve permitir a criação de pelo menos dois discos virtuais, um para dados replicados e um para logs. O armazenamento físico devem ter as mesmas dimensões do setor em todos os discos de dados. O armazenamento físico devem ter as mesmas dimensões do setor em todos os discos de log;

– Pelo menos uma conexão 1GbE em cada servidor para replicação síncrona, mas de preferência RDMA;

– Pelo menos 2 GB de RAM e dois núcleos por servidor;

– Você vai precisar de mais memória e núcleos para mais máquinas virtuais;

– Regras de firewall e roteador adequadas para permitir ICMP, SMB (porta 445, além de 5445 para SMB Direto) e WS-MAN (porta 5985) o tráfego bidirecional entre todos os nós. Uma rede entre os servidores com largura de banda suficiente para conter seu escrever carga de trabalho IO e uma média de = 5 ms de latência de ida e volta, para a replicação síncrona. replicação assíncrona não tem uma recomendação de latência;

– O armazenamento replicado não pode ser localizado na unidade que contém a pasta do sistema operacional Windows;

ALM – Instalando o Release Management

Entendendo o Release Management

O que é o Release  Management

O Release Management é uma ferramenta parte integrante da solução de Application Lifecycle Management da Microsoft que tem como objetivo dar velocidade e qualidade na implantação de aplicativos em ambientes de testes, homologação e produção. Com o gerenciamento de lançamentos no Visual Studio, você pode configurar, aprovar e implantar seus aplicativos para qualquer ambiente. Crie orquestrações de implantação automatizadas para cada ambiente, independentemente da complexidade da configuração. A entrega de seu software com mais frequência e facilidade para um ambiente permite que seus testadores trabalhem na validação de seu sistema e mantém os participantes envolvidos em fornecer comentários.

O Release Management pode ser dividido em três módulos:

Install Release Management for Visual Studio

– Release Management Server:

Que pode ser em seu ambiente (on-premisses) junto com o Team Foundation Server (Release Management Server for Team Foundation Server) ou na Nuvem com o Visual Studio Online e será o responsável pela orquestração de entrega e monitoramento de liberações.

image

image

– Release Management Client:

Responsável pelo gerenciamento de implantação de seu aplicativo. Pode ser instalado, por exemplo, na estação de seu Gerente de Configuração, Arquiteto de Solução, Analista de Testes, Operador de Implantação, etc. Serão os responsáveis por gerir seu ambiente de implantação.

image

– Agente de Implantação do Release Management:

Devem ser instalados em todos os servidores que fazem parte do ambiente de implantação. Porém com o uso do PowerShell DCS ou o Chef, você implantar o aplicativo sem a necessidade do ambiente ter o agente do Release Management.

Instalando o Release Management

Requisitos

Para o Release Management Server for Team Foundation Server, você deverá possuir:

– Windows Server (2008 R2 ou 2012);

– Internet Information Services

– Framework 3.5

– SQL Server Server Express ou Server (2008, 2012 ou 2014);

– Conta administrativa no servidor para executar o Pool de Aplicativo do Web Service e Web.

Para o Release Management Client, você deverá possuir:

– Windows 7, 8 ou 2012 Server

Para o Release Management (Agente de Implantação) os ambiente deverão ser:

– Windows Vista SP2 com Powershell, Windows 7, 8, 2008, 2012 ou superior.

Maiores informações, clique no link Requisitos para Release Management.

Instaladores

Release Management Server for Team Foundation Server clique aqui.

Release Management Client clique aqui.

Release Management Deploy Agente, clique aqui.

Instalando o Release Management Server para Team Foundation Server

Caso você não use o Release Management no Visual Studio Online, você deverá instalar o Release Management Server for Team Foundation Server.

Execute o instalador em seu Windows Server, e siga os passos.

image

image

image

Depois, execute a configuração de implantação do Release Management, lembrando que você deverá ter uma instancia do SQL Server para configurar o banco de dados, e se desejar, um certificado digital no Internet Information Services para instalar os Web Services e Portal de forma segura.

Valide a conta e instancia que instalará o banco de dados e clique em Apply Settings.

image

image

Depois abra o portal para identificar a instalação feita com sucesso.

image

image

Instalando o Release Management Client para o Visual Studio

Execute o instalador e siga os passos.

image

image

Depois, digite o nome do servidor do Release Management Server e valide a conexão.

image

image

No caso digitei o nome do servidor (TFS) sem usar SSL na porta padrão da instalação (1000) e conectei.

image

Instalando o Release Management Deploy Agent

Com a liberação do Update 3 do Release Management, você decidirá conforme sua necessidade, o uso ou não do Agent do Release Management, pois poderá usar o Powershell DSC ou o Chef no lugar do mesmo.

Execute o instalador, conforme os passos:

image

image

Depois de instalado, configure o agente para comunicar-se com seu Servidor do Release Management.

image

image

Clique em Apply Settings e aguarde a configuração.

image

Pronto, seu ambiente do Release Management está instalado, pronto para ser configurado.

System Center – Instalando o System Center Virtual Machine Manager – Pré Requisitos

Veja também o artigo sobre a Instalação do Management Server e VMM Console.
System Center – Instalando o System Center Virtual Machine Manager – Instalando Management Server, VMM Console


INTRODUÇÃO:

Essa série tem como objetivo, demonstrar com se instala do Microsoft System Center Virtual Machine Manager (SCVMM) 2012 em um ambiente Windows Server 2012 com SQL Server 2012.

REQUISITOS:

Abaixo os link da Microsoft informando cada requisito de sistema operacional, hardware e softwares.

Portal de Autoatendimento do VMM (Foi removido do System Center Virtual Machine Manager 2012 SP1)

Console de Gerenciamento do VMM

Servidor de Gerenciamento do VMM

INSTALANDO OS REQUISITOS:

– Contas

Será necessário criar as seguintes contas no seu domínio:

Uma conta de domínio para a instalação do Microsoft SQL Server:
Uma conta de domínio de acesso para o console do SCVMM;
Uma conta de domínio para ser a conta RUN AS de pesquisa e controle em seu diretório para a pesquisa e inserção de Hosts (Hyper-V).

– Kit de Avaliação e Implantação do Windows (ADK) para Windows 8

Obs: Caso você tenha problemas na instalação online, baixe o pacote e instale depois, selecionando a opção conforme o print abaixo.

Windows-ADK-Setup

Depois realize a instalação.

image

image

– SQL Server 2012 SP1

Siga as telas abaixo, respeitando os requisitos selecionados conforme o Print Screen e também o site da Microsoft.

image

image

Obs.: Instale também o tipo de autenticação do SQL Server em modo misto.

image

Internet Information Services

Siga as telas abaixo, respeitando os requisitos selecionados conforme o Print Screen e também o site da Microsoft.

image

image

image

image

image

image

image

image

image

Pronto, os requisitos foram instalados. Agora iremos para a próxima parte que será a instalação do aplicativo.

System Center – Instalando o System Center Virtual Machine Manager – Instalando Management Server, VMM Console


INTRODUÇÃO:

Essa série tem como objetivo, demonstrar com se instala do Microsoft System Center Virtual Machine Manager (SCVMM) 2012 em um ambiente Windows Server 2012 com SQL Server 2012.

Obs.: O Self-Service Portal foi removido do System Center Virtual Machine Manager SP1, e substituído pelo Center 2012 App Controller.

image

image

image

image

Observe na tela abaixo que o instalador necessita de uma senha integrada do dominio, por isso o tipo de autenticação do Microsoft SQL Server tem que ser mista.

image

image

Nessa tela você necessitará informar a conta que irá distribuir o Gerenciamento de Chave. Insira uma conta de domínio.Não necessita armazenar as chaves no domínio, fica a critério seu.

image

Verifique na opção abaixo, se as portas estão conforme sua necessidade, caso não, é possível alterar.

image

Na próxima tela, você determina o local onde ficará armazenada sua Biblioteca de Virtualizações, Configurações, VHD em Branco, etc.

image

Veja se o Resumo de Instalação está de acordo as suas configurações.

image

Pronto. Instalação concluída!

image

ACESSANDO

image

Verifique que está funcional.

image

Pronto. A seguir iremos realizar as configurações iniciais.

Séries ALM–Gerenciando Plano de Testes – Clone

Olá nesse artigo, demonstrei um cenário muito comum, onde comumente as equipes de testes tem retrabalhos com enormes planilhas de casos de testes feitas em Excel ou reescrevendo casos de testes para compilações paralelas de uma mesma versão de software.

Imagine que você está na compilação 1.0 de seu software e há mais de 500 Casos de Testes escritos em seu Plano de Testes, e a equipe de desenvolvimento libera a compilação 2.0 onde a equipe de testes deverá testar em paralelo as duas versões.

Usando o Test Manager, você faz esse gestão com apenas um passo:

Clonar Plano de Testes.

Para isso, siga os passos abaixo:

image

Você pode clonar o Plano de Testes, Suite de Testes e os Requisitos. E determinar em qual área e iteração que o clone irá para ser usado.

image

Espero ter ajudado e até a próxima!

Alan Carlos

Séries ALM–Coletores de informações

No Microsoft Visual Studio Test Professional, temos o MTM onde podemos utilizar para realizarmos nossos testes. O Microsoft Test Manager é uma ferramenta poderosa e muito útil, com diversos utilitário e dentre eles destaco os coletores.

Esses coletores servem para nos apoiar a identifcar um BUG, reproduzir passos, automatizar testes. Veja abaixo como ativar e para que serve cada um:

image

image

Action Log – Log de Ações – Captura todos os passos e cliques que você executar no computador, gerando depois um código C# que pode ser reaproveitado em fazendo o teste de forma “automática”reproduzindo o que você fez, ou você pode garimpar esse código e transformá-lo de fato em um teste automatizado. Essa captura só funciona no modo cliente (execução local).

ASP.NET Client Proxy for IntelliTrace and Test Impact – Proxy para apoio na coleta de aplicativos Web de Servidores quando você ativa o IntelliTrace. Use sempre que seu cliente for um Web Server.

Code Coverage – Cobertura de Código – Coletar para capturar dados de códigos de aplicações ASP.NET que rodam no Internet Information Services.

Event Log – Log de Eventos – Captura os eventos do Windows conforme a execução do teste. Muito úitl, pois caso dê uma exceção no momento do teste, a mesma estará possivelmente registrada no evento. Serve local como remoto (cliente e servidor).

IntelliTrace – Fornece a visão detalhada do comportamento de um aplicativo. (cliente e servidor)

Screen and Voice Recorder – Gravação em vídeo e áudio do seu desktop no momento do teste. Muito útil em situações como

System Information – Informações completas do sistema. (cliente e servidor).

Test Impact – Ajuda a decidir quais testes precisam ser executados novamente quando for liberada uma próxima build. (cliente e servidor).’

Espero ter ajudado e até a próxima!

Alan Carlos

Séries ALM – Atribuir um Caso de Teste a um Testador

Depois de planejar seus Casos de Testes no Microsoft Test Manager, você pode distribuir esses casos para diversos testadores membros do time. Para fazer isso é simples:

Em Plan, clique como botão direito do mouse em cima do Caso de Teste que deseja atribuir e selecione no menu “Assign testers for selected tests”

image

Em seguida selecione o testador.

image

Depois de salvo, quando for executar, selecione em Test – Filter e selecione o Testador.

image

Pronto, perceba que o Caso de Teste está marcado para aquele testador que você atribuiu e ele poderá executar o mesmo.

Bom é isso, até a próxima!

Um abraço!

Alan Carlos