Windows – Habilitar WinRM

Introdução

Esse artigo tem como finalidade explicar como habilitar o uso do WinRM no seu Windows Server.

Passos

Abra o prompt de comando do Windows PowerShell como administrador

Em seguida digite o comando Configure-SMRemoting.exe –enable ou Configure-SMRemoting.ps1

image

Continuar lendo

VSO–Conhece o Visual Studio Online?

Para que não conhece o Visual Studio Online, é um serviço da Microsoft que ofere toda a estrutura do Visual Studio Team Services para você programar facilmente com toda uma estrutura preparada, sendo que para times de até 05 usuários, totalmente FREE ((GRÁTIS).

Para usar acesse:

https://www.visualstudio.com/vso/

image

Use seu e-mail do HOTMAIL para fazer login e divirta-se!

Em breve mais posts explicando os detalhes de uso do Portal.

Alan

Agilidade em Testes de Software – O que é ser Ágil? Parte 02 de 03

agile-glossary

Olá Pessoal,

Dando continuidade ao post ALM – Agilidade em Testes de Software – O que é ser Ágil? – Parte 01 de 03 o que acredito ser um bom caminho desse tema as vezes polêmico.

Particularmente e longe da minha crença/opinião estar certa e além disso, amanhã posso tranquilamente mudar minha opinião, mas hoje creio que agilidade está intimamente ligada muito mais aos indivíduos (time, colaboradores, empresa) que fazem a atividade do que apenas no processo em si.

Claro que há processos que inibem você (que acredita que possui um pensamento ágil, assertivo, etc.) de pular partes desse processo devido a regras estabelecidas, mesmo que você entenda que aquela parte do processo é descartável, devido a uma obrigatoriedade legal como uma ISO ou SOX ou até por determinação da própria empresa.

Continuar lendo

ALM – Agilidade em Testes de Software – O que é ser Ágil? Parte 01 de 03

keep-calm-and-love-agil

Resolvi escrever esse post, depois que recebi um contato de uma amiga me pedindo se eu tinha materiais sobre Testes Ágeis. Então para deixar bem organizado, resolvi escrever um Post de 03 partes que, além de ajudar essa amiga, também deixar disponível caso alguém tenha interesse.

Primeiramente, antes de iniciar a leitura, gostaria de deixar claro que acredito particularmente que, todos os métodos, processos e frameworks são funcionais e bons, e tudo é questão de momento, tendências e realidades, conforme as necessidades de cada empresa e time. Que o objetivo desse post é apenas provocar uma reflexão sobre as tendências, se realmente temos o certo e errado dentro de processos e frameworks mundialmente utilizados e que tanto serviram a seus propósitos ao longo dos anos. E não sou um guru de testes ágeis, nem de DevOps, apenas estou expondo um pouco do que já vi e o conhecimento que tenho de ferramentas e processos.

Continuar lendo

O que é DevOps?

Introdução

Fonte: Wikipédia

DevOps (amálgama de Desenvolvedor e Operador) é uma metodologia de desenvolvimento de software que explora a comunicação, colaboração e integração entre desenvolvedores de software e profissionais de TI (Tecnologia da Informação). DevOps é a reação à interdependência entre desenvolvimento de software e operações de TI. Pretende ajudar organizações a produzir software e serviços rapidamente.

Empresas que liberam novas versões de software frequentemente podem precisar das considerações ou orientações de um DevOps. Os DevOps auxiliam empresas no gerenciamento de lançamento de novas versões, ao padronizar ambientes de desenvolvimento. Eventos podem ser acompanhados com maior facilidade, assim como o controle de processos documentados e emissão de relatórios granulares. Empresas com problemas no processo de liberação/implementação de novas versões, normalmente possuem automação, mas querem maior flexibilidade para gerenciar e conduzir esse processo – sem precisar editar tudo na linha de comando. Idealmente, essa automação deve ser disparada por recursos não operacionais, em ambientes específicos que não estejam “em produção”. O desenvolvedor ganha maior controle sobre o ambiente, e a infraestrutura maior entendimento sobre os aplicativos.
Processos simples se tornam claramente articuláveis, o DevOps simplifica processos. O objetivo é automatizar a maior quantidade possível de processos operacionais.
Integrações DevOps visam a entrega de produtos, testes de qualidade, desenvolvimento de características e releases de manutenção, de modo a incrementar a confiança e segurança, desenvolvimento rápido e ciclos de desenvolvimento. Muito das ideias (e pessoas) envolvidas com DevOps vieram dos movimentos de Gerenciamento de Sistemas Empresariais e Desenvolvimento ágil de software.

Por Microsoft

As práticas ágeis podem reduzir significativamente os tempos de desenvolvimento, mas manter uma cadência rápida de fornecimento em operações pode ser mais desafiador. Além disso, os processos também devem ser simplificados em outra direção, das operações ao desenvolvimento. É essencial capturar problemas e informações de uso de produção para ajudar a equipe de desenvolvimento a responder rapidamente e a estimular um ciclo de criação-avaliação-aprendizado. O Visual Studio estende o ALM até as operações, facilitando o gerenciamento de liberações e a automação para acelerar a implantação para operações. Ele captura diagnóstico acionável em ambientes operacionais e o fornece aos desenvolvedores, permitindo que eles reproduzam e solucionem problemas de produção. Ao usar a solução de Análise integrada no Visual Studio Online, a equipe de desenvolvimento pode reagir às informações de uso em tempo real diretamente da produção e integrada à solução ALM. O resultado é um ciclo bem-sucedido de criação-avaliação-aprendizagem que aumenta o valor fornecido aos cliente.

Linha de Soluções da Microsoft para DevOps

Release Management: Solução para gerenciamento de lançamento de aplicativos.

System Center: Solução para gerenciamento de ambientes. Maximiza a gestão de laboratórios de testes locais e noMicrosoft Azure, além de possuir ferramentas complementares para análises e monitoramento de aplicativos como oSystem Center Operations Manager e seus Management Pack de gerenciamento, e integrações com o Visual Studio Team Foundation Server, Intellitrace,  abertura automática de incidentes no portal do System Center Service Manager, além de apoio em orquestrações do aplicativo com o System Center Orchestrator.

Powershell DCS: É uma nova plataforma de gestão no Windows PowerShell, que permite a implementação e gerenciamento de dados de configuração de software e serviços de gerenciamento do ambiente. O DSC fornece um conjunto de extensões de linguagem do Windows PowerShell, novos cmdlets do Windows PowerShell, e os recursos que você pode usar para especificar de forma declarativa como você deseja que seu ambiente fique configurado. Ele também fornece um meio para manter e gerenciar as configurações existentes. Por exemplo, se um aplicativo necessita do Internet Information Services em um ambiente, você poderá implantar esse recurso de forma declarativa, usando o Powershell DCS, com poucos comandos.

Applications Insights: O Visual Studio Online Application Insights é um novo serviço baseado em nuvem (atualmente, na versão Preview) que coleta informações detalhadas sobre operações, desempenho e utilização do cliente a partir de aplicativos de servidor e de cliente/dispositivo – estejam eles sendo executados localmente, no Microsoft Azure, em um provedor de nuvem de terceiros ou em uma combinação dos três. Com esta “visão em 360 graus” da disponibilidade, do desempenho e do uso de seus aplicativos e serviços, você pode detectar rapidamente problemas de desempenho e disponibilidade, determinar a causa-raiz e se conectar a uma experiência de diagnóstico avançada no Visual Studio. O Application Insights também fornece informações para o aprimoramento contínuo de seus aplicativos e a priorização de investimentos futuros

Windows Server – Alterar a Edição do Windows Server

Olá Pessoal!

Meu nome é Alan Carlos e estarei passando uma Dica do Dia!

– Dica do Dia

Como atualizar a edição do Windows Server de forma fácil, segura e rápida.

– Ferramentas Necessárias

– Linha de comando;
– Chave de ativação da edição em questão que será usada.

– Passos

1. Valide qual a edição que você está usando atualmente:

dism /online /get-currentedition

2. Verifique para quais edições seu Windows Server pode ser atualizado:

dism /online /get-targeteditions

3. Depois use o comando para alterar a edição, conforme sua necessidade. Por exemplo, de Standard para Enterprise:

dism /online /set-edition: Enteprise /productkey: xxxxx-xxxxx-xxxxx-xxxxx-xxxxx

– Uso

Com essa dia, é possível realizar uma atualização de forma simples e objetiva no seu Windows Server, mudando sua edição de Windows Server Standard Edition para Windows Server Enterprise Edition, por exemplo, quando se necessita ativar a feature de cluster (Microsoft Cluster Server) em seu Windows Standard 2008 R2 já em produção.

– Incidentes Comuns

Um dos incidentes mais comuns quando se utiliza esse comando, é a questão de após a mudança de edição, o computador apresentar alguma inconsistência, como por exemplo não ser possível adicionar ele no domínio, ou acesso remoto estar desativado.

image

Para solucionar essas questão, verifique itens como, se o funcionamento dos serviços como o serviço Server ou Servidor está em modo Automático e com status de Iniciado;
Cuidado com a chave utilizada, pois, evitando-se utilizar a mesma chave de ativação do Windows que você usou para ativar o Standard, para não ocorrer o incidente em questão;

– Referências

Microsoft Technet : DISM Windows Edition

Bom, é isso! Um forte abraço e até a próxima!

Alan Carlos

Lync Server – Vantagens e Recursos

 

Visão Geral

Os clientes afirmam que as Comunicações Unificadas Microsoft reduzem drasticamente os custos — US$ 5 milhões em economia a cada 1.000 funcionários — em apenas seis meses. A consolidação dos sistemas de mensagem, correio de voz e telefônico em apenas uma plataforma de comunicações unificadas integrada baseada no Microsoft Exchange Server e no Microsoft Lync Server garante redução de custos com hardware, software e equipe de TI.

Clientes que experimentaram as Comunicações Unificadas Microsoft afirmam que:

– Reduziram os custos de mensagens em 50 a 80%* graças a menores gastos com soluções de armazenamento, mobilidade terceirizada, arquivamento e backup — tudo isso já está incluído no Microsoft Exchange.

– Diminuíram os custos de conferências de áudio a longa distância em 20 a 40% com o VoIP e os recursos de conferência unificada disponíveis no Office Communications Server.

– Reduziram os custos com imóveis e instalações em 30 a 40%* ao permitir que funcionários trabalhem em outros locais que não mesas ou escritórios fixos.

– Diminuíram os gastos com viagens em 20 a 40%* ao substituir reuniões por conferências na Web, de vídeo e de áudio usando os recursos integrados do Microsoft Lync Server.

Características

Com o Microsoft Lync Server® é possível realizarmos conferências internas, externas, apresentação treinamentos com vídeo, voz e chat.

– Realizar ligações com equipes em outras localidades (Brasil e Exterior) sem nenhum custo adicional;
– Realizar e gravar os treinamentos com até 255 pessoas;
– Realizar conferências remotas parceiros e clientes (Lync Web);
– Realizar reuniões locais;
– Acesso e suporte remoto;
– Integração Visual Studio®, Microsoft Office®, Project®;
– Armazenamento de histórico de conversas através da integração com o Microsoft Exchange Server;

Funcionalidades

– Conferências, Reuniões, Treinamentos, Acesso Remoto e Ligações

Com o Microsoft Lync Server, você consegue realizar conferências, reuniões remotas, treinamentos, acesso remoto, ligações com qualidade e produtividade.

image

Possui Quadro de Votação online, Perguntas e Respostas:

image

Envie mensagem de texto, realize uma chamada de voz e vídeo, realize chamadas para clientes Microsoft Skype®, Federação com outros clientes que possuem o Microsoft Lync® ou o Microsoft Lync Online® dentro ou fora da sua organização.

image

Use o Quadro de Comunicação para demonstrações, desenhos, anotações, apresente especificamente a tela de um programa sem realizar o compartilhamento por completo de sua tela, use em conjunto com o Microsoft OneNote e demonstra suas anotações para sua equipe.

image

Anywhere! Homologado nos equipamentos mais usados atualmente. Workstation Microsoft, Windows Phone, Microsoft Surface, Apple iPad e iPhone, Google Android.

image

Realize treinamento remotos, economize em viagens ou reuniões internacionais usando o poderoso sistema de conferëncias do Microsoft Lync.

image

Possibilidade de Acesso e Suporte Remoto com controle de sessão. Dinamize o tempo de deslocamento da sua equipe de TI, usando um sistema totalmente seguro.

image

Integrado ao Microsoft Visual Studio e Microsoft Project Professional, converse com seu  time de desenvolvimento e projetos com apenas um clique!

image

image

Realize uma apresentação diretamente do seu Microsoft Powerpoint.

image

Use o sistema de apresentação Web disponível no Office Powerpoint.

image

Realize demonstrações de planilhas de custos, orçamentárias, para seu time fiscal, contábil.

image

Alinhe com seu time questóes envolvendo documentos do Microsoft Word.

image

Todas essas funcionalidades se ativam apenas com a simples instalação do Microsoft Lync (Cliente) em seu computador.

Modalidade de Uso

– Em sua empresa

Você pode optar por ter toda a estrutura do Microsoft Lync® em sua empresa. Para saber mais sobre licenciamento, aquisição, clique aqui.

– Office 365 (Nuvem)

Você também pode optar por ter o Lync Online onde a estrutura, controle e manutenção fica com o time da Microsoft. Além disso, você pode também mesclar em suas empresas (matrizes, filiais) o uso do in-loco e o online. Para saber mais clique aqui.

Materiais de Apoio

– Lync Server – Federação Lync Server (Sua Empresa) x Lync Server (Empresa Parceira)
– Lync Server – Problemas de Comunicação de Áudio/Vídeo – Federação com Lync Server de Outras Empresas

– Lync Server – Problemas de Comunicação com o Lync Client

– Lync Server – Federação Lync Server 2010 ou 2013 e Skype

Treinamentos

– Implantando e Administrando o Lync Server 2013

Aprenda a instalar e administrar um ambiente com o Lync Server 2013.

– Configurar o Lync 2013

Saiba como começar a enviar mensagens instantâneas, a fazer chamadas, a criar e participar de reuniões e a trabalhar com mais eficiência do que nunca usando o Lync 2013.

– Presença, Mensagens instantâneas e Contatos

Saiba como começar a enviar mensagens instantâneas, a fazer chamadas, a criar e participar de reuniões e a trabalhar com mais eficiência do que nunca usando o Lync 2013.

– Fazer chamadas de áudio e vídeo

Visualize estes rápidos vídeos para aprender a usar o Lync 2013 para fazer chamadas de áudio e de vídeo.

– Migrar para o Lync 2013

Mudando do Communicator 2007 ou do Lync 2010? Faça este curso para se familiarizar com as mudanças.

– Agende, Ingresse e Realize reuniões do Lync

Aprenda a usar o Lync a fim de reunir pessoas rapidamente para uma reunião, independentemente de onde elas estejam.

– Treinamento do Lync ministrado por instrutor (Em Inglês)

Assistir a uma sessão com instrutor para aprender em primeira mão como é fácil começar a usar o Lync.

Certificação

A Microsoft criou a Certificação MCSE (Microsoft Certified Solution Expert) Communication. Para atingir essa certificação você devera realizar os seguintes exames:

– 70-410 – Installing and Configuring Windows Server 2012
– 70-411 – Administering Windows Server 2012
– 70-412 – Configuring Advanced Windows Server 2012 Services
– 70-336 – Core Solutions of Microsoft Lync Server 2013
– 70-337 – Enterprise Voice & Online Services with Microsoft Lync Server 2013

Para saber mais clique nos links:

Sobre as provas
Material de Estudo (Preparatório para MCSA)
Material de Estudo – Lync Server
Material de Estudo – Lync Server (70-336) em Inglês
Material de Estudo – Lync Server (70-337) em Inglês
Como agendar uma prova de certificação da Microsoft

Referências

Microsoft Office
Microsoft Virtual Academy
Microsoft Technet Wiki