DevOps–Powershell – Criar um VHDX a partir de uma ISO do Windows via Powershell

Introdução

Esse artigo tem como objetivo auxiliar na rapida implantação de um sistema operacional, automatizando o processo com a ferramenta Powershell Convert-WindowsImage. Com essa automação, você poderá criar rapidamente virtualizações a partir de uma ISO para um VHD ou VHDX.

Depois de criado esse VHDX você poderá armazená-lo e poderá utilizá-lo em diversas implantações de laboratórios usando o Powershell, pois o VHDX será uma imagem inicial, similar ao uso do famoso SYSPREP.

Ou também, pela velocidade de criação do VHDX, você poderá criar sempre um novo, partindo de uma imagem ISO mais atual do sistema operacional.

Requisitos

– Powershell

– Direitos de execução de scripts sem assinatura no Powershell

– Imagem ISO do Windows 2012 ou Windows 8

– PS1 (Convert-WindowsImage) que pode ser realizado o download clicando no link “Convert-WindowsImage

https://gallery.technet.microsoft.com/scriptcenter/Convert-WindowsImageps1-0fe23a8f

Criando um VHDX

Abra seu prompt do Powerhsell com direitos administrativos;

image

Execute o comando Set-ExecutionPolicy Unrestricted

image

image

Faça o download do script Convert-WindowsImage e salve ele em um diretório de sua preferéncia.

image

Salve a imagem ISO do sistema operacional que vocë deseja criar o VHDX no mesmo diretório do Script.

image

Retorne ao Powershell e execute o comando abaixo:

.\Convert-WindowsImage.ps1 -SourcePath C:\scripts\SW_DVD5_Windows_Svr_Std_and_DataCtr_2012_R2_64Bit_English_Core_MLF_X19-05182.ISO -VHDFormat VHDX -Edition “ServerDataCenter” -VHDPartitionStyle GPT -SizeBytes 20GB -VHDPath E:\VHDLibrary\Windows2012DCHD.vhdx

Onde:

SourcePath: Local onde está armazenada a ISO;
Edition: Edição que foi definida, no caso o Windows Datacenter Edition
SizeBytes: Tamanho do VHDX
VHDPath: Local onde será ser armazenado o VHDX

image

Aguarde a conclusão do script.

image

Verifique se o VHDX foi criado corretamente no diretório de destino.

image

Validando o VHDX

Crie uma nova virtualização no Hyper-V para testarmos se esse VHDX está funcionando corretamente.

image

image

image

Selecione Geração 2, pois o VHDX foi feito para essa geração de virtualização.

image

Selecione o HD que você criou, nesse caso como é uma demonstração, não iremos duplicar o VHDX, e sim usar o mesmo. Lembrando que você pode duplicar e usar diversas vezes da mesma origem se desejar.

image

image

Inicie sua virtualização.

image

Observe que inicia as configurações nesse momento.

image

Se desejar, você poderá, através do script, inserir um arquivo de respostas facilitando ainda mais a implantação, incluindo licenças, usuários, aceite do termos, configurações, etc.

image

image

Maiores Informações

https://gallery.technet.microsoft.com/scriptcenter/Convert-WindowsImageps1-0fe23a8f

Como Ajudar a Melhorar o Visual Studio – Microsoft Connect

A Microsoft disponibiliza alguns canais para que a comunidade técnica auxilie nos produtos do Visual Studio ALM como o Microsoft Connect.

Abra o site Microsoft Connect.

image

Clique em Submit a BUG:

image

image

Digite o titulo do BUG e sua descrição.

image

Se for um produto já em produção, serão solicitadas mais informações, como linguagem, sistema operacional, tipo de BUG (Desempenho, etc.), se ele está bloqueando suas atividades (importante: se for um BUG que atrapalha seu negócio, entre em contato com o suporte da Microsoft).

image

Preencha todos os campos e envie seu feedback.

Você também pode utilizar diretamente de seu Visual Studio a ferramenta Visual Studio Feedback Tool.

Como Ajudar a Melhorar o Visual Studio – Visual Studio Feedback Tool

A Microsoft disponibiliza alguns canais para que a comunidade técnica auxilie nos produtos do Visual Studio ALM como o Visual Studio Feedback Tool.

Clique na imagem para fazer o download.

image

Realize a instalação da ferramenta.

image

image

Para utilizar, vá na aba de ferramentas de seu Visual Studio, e clique no icone de feedback  image ao lado do icone de ações  image do Visual Studio.

image

Existem algumas opções como:

Entrar no MSDN Forum: Site de apoio da comunidade e Microsoft nas dúvidas sobre Visual Studio.

image

image

Envie um Smile: Informe a Microsoft se gostou de alguma funcionalidade, tela, etc.

image

image

Envie um Frown: Informe a Microsoft se não gostou de algo, como a falta de uma funcionalidade de versão anterior, um menu com usabilidade complexa, etc.

image

Informe um BUG: Informe a Microsoft um possível BUG encontrado no produto para análise.

image

Irá abrir a tela de Report.

image

Faça seu logon.

image

Informe se é uma nova Issue (Problema) ou é um feedback existente.

image

Selecione o tipo de Issue (Desempenho, Crash no Sistema, etc.)

image

Coloque o título e descrição (descreva os passos para chegar a Issue), inclusive é possível gravar, tirar um Print Screen da tela, e anexar outros arquivos, incluindo os arquivos automáticos que a ferramenta coleta.

Clique em Submit e pronto.

image

A Microsoft aguarda seu feedback.

ALM – Templates de Processos do Team Foundation Server

Introdução

O Team Foundation Server é uma ferramenta de SDLC (Software Development Life Cycle) utilizada para ajudar no gerenciamento do seu projeto de desenvolvimento de software e é parte integrante da solução de ALM (Application Lifecycle Management) da Microsoft.
Uma de suas diversas características e features é trazer definido alguns Templates de Processos de Desenvolvimento de Software baseados nas práticas de sucesso mais comuns do mercado para serem utilizadas, sendo possível customizá-las conforme sua necessidade.

Dentre os processos estão disponíveis:

– Visual Studio Scrum

– MSF for CMMI

– MSF for Agile

image

Que vem já no TFS e podem ser selecionados ao criar um Projeto.

image

Esses processos passam por atualizações e disponibilização de novas versões, que podem ser acompanhadas conforme a atualização do seu TFS.

Dicas

Para realizar alterações no seu processo, acesse esse link e siga os passos.

http://msdn.microsoft.com/en-us/library/ms243782.aspx

Microsoft Azure – Dicas e Precauções em Banco de Dados

Olá Comunidade Microsoft,

Meu nome é Alan Carlos e hoje trago a vocês uma algumas de dicas sobre o Microsoft Azure, baseado em experiência de hospedagem da equipe em qual trabalho.

Hoje hospedamos serviços na Azure da Microsoft, e temos as dicas abaixo:

Hospedagem de Banco de Dados

· Até o momento desse post, o Microsoft SQL Server da Azure não restaura  backup´s oriundos de arquivos com extensão (.BAK), para você enviar seu banco de dados, deve-se usar a ferramenta Deploy Data Base do SQL Server.

clip_image002

 

clip_image002[4]

– O banco de dados não deve conter tabelas ou componentes criptografados pra realizar a importação.

image

 

– Por questões de segurança todo novo banco deve ser criado respeitando permissões db_creator e db_owner, não se utilizando de permissões SYSADMIN. Na verdade essa é a forma correta, pois, evita-se que haja problemas em instâncias que hospedam mais de um banco de dados e seu Script, ocasiona uma falha na instância;

– Instância SQL Azure não contempla menus com assistentes como no SQL Enterprise ou Standard. Configurações de segurança e banco deve ser feita por script TSQL. Saiba mais nesse KB da Microsoft.;

– Se desejar saber mais, clique nesse link sobre a Introdução do SQL Azure;

– Se desejar saber mais sobre Backups do Azure, acesse esse link;

– Também temos algumas dicas no Technet Magazine do Joshua Hoffman de como proteger seu SQL Azure;

– Nesse link, temos informações documentais sobre o SQL Server Azure;

Importante:

Atentem-se ao serviços que estão me modo de Visualização na Azure, onde a hospedagem e suporte está ainda em configuração, pois dependerá do mercado e perfil do cliente. Saiba mais em dúvidas.

 

Bom é isso, espero ter contribuido! Agradeço ao meu companheiro de equipe e madrugadas Juliano Pires por ter ajudado nesse post!

Alan Carlos
Technet Wiki Ninja

Atenção, Atenção: Capacite-se!!!!!

Olá pessoal! Trago a vocês um artigo sobre como se preparar para o mercado de trabalho, capacitando-se nas tecnologias da Microsoft e saindo na frente, tornando-se um profissional capacitado e preparado para os desafios atuais da área de tecnologia da informações. Para quem não sabe, a Microsoft apoia totalmente a comunidade, desde o estudante que está começando, até o profissional que precisa se reciclar estando em constante aperfeiçoamento, e o melhor de tudo, com muito conteúdo gratuito!!! Smiley piscando 

Separei diversas ferramentas (dentre elas nossa poderosa ferramenta Technet Wiki) para disponibilizar portais, conteúdos, treinamentos, para desenvolvedores, testadores, administradores, analistas, técnicos, arquitetos, e todos os demais que adoram informática como eu!

– Students to Business

Começamos com o programa Students to Business.

O programa Students to Business é uma iniciativa da Microsoft, dos Parceiros da Microsoft e as principais universidades do país com o objetivo de capacitar estudantes nas áreas de TI e oferecer oportunidades de emprego.
​Para isso inclui diversas ações, sendo as principais capacitações gratuitas nas plataformas Microsoft e aproximação com empresas que buscam mão-de-obra com esse perfil. O programa é constituído de treinamento Online e também Presencial. Para o treinamento presencial, é necessário verificar disponibilidade na sua cidade. Para mais informações acesso o manual do aluno.

O Programa Microsoft Students to Business capacitou, até o momento mais de 100 mil estudantes em todo o Brasil, dos quais mais de 10.000 profissionais foram incorporados imediatamente no mercado de trabalho durante a feira de empregos.

Para se cadastrar, clique no link. Importante salientar que o programa tem ciclos, sendo que as matriculas ocorreram de tempos em tempos, então fique ligado!

– Microsoft Dreamspark

DreamSpark é um Programa da Microsoft que dá suporte a educação técnica fornecendo acesso a software da Microsoft para fins de aprendizado, ensino e pesquisa.

O DreamSpark é simples: ele se destina a dar a alunos ferramentas de designer e de desenvolvedor de nível profissional da Microsoft sem custo para que os alunos possam realizar seus sonhos e criar a próxima grande novidade tecnológica, ou apenas um bom início de carreira.

Trocando em palavras simples: Você tem todo o conteúdo (Visual Studio, Windows, etc.) gratuitamente para estudar!!!!!! Alegre

Para se cadastrar, clique aqui.

– Visual Studio Online

O Visual Studio Online, é o lar dos dados de seu projeto na nuvem. Coloque tudo em funcionamento em questão de minutos na infraestrutura em nuvem, sem precisar instalar nem configurar um único servidor. Configure um ambiente que inclua tudo, de repos Git hospedado e ferramentas de acompanhamento de projetos a integração contínua e um IDE, tudo empacotado em um plano mensal por usuário. Conecte-se a seu projeto na nuvem usando sua ferramenta favorita de desenvolvimento, como o Visual Studio, o Eclipse ou o Xcode.

Cada conta do Visual Studio Online é fornecida com cinco usuários do Basic gratuitos e inclui recursos mensais compartilhados para compilação e testes de carga (entendeu?! Grátis, mano, isso mesmo, grátis!!!). À medida que sua equipe se expande ou seus negócios aumentam, misture e corresponda planos e recursos de usuários para dar a cada usuário o que ele precisa.

Faça sua conta aqui!

– Microsoft Virtual Academy

Os tecnólogos bem-sucedidos nunca param de aprender e a tecnologia excelente nunca para de evoluir. A Microsoft Virtual Academy (ou MVA) oferece treinamento online da Microsoft realizado por especialistas para ajudar os tecnólogos a aprender constantemente, com centenas de cursos, em 11 idiomas diferentes. Nossa missão é ajudar desenvolvedores, profissionais de TI inteligentes e estudantes avançados a aprender sobre a mais moderna tecnologia, desenvolver suas habilidades e progredir em sua carreira. A MVA é gratuita, e o serviço inteiro é hospedado no Windows Azure.

Seja um membro da MVA para ganhar pontos em sua aprendizagem, atingir níveis diferentes de selos e status com relação a outras pessoas em seu país ou ao redor do mundo e obter certificados quando concluir um curso inteiro. Seu painel pessoal ajuda a acompanhar seu progresso com relação a seus planos de aprendizagem pessoais.

Para participar, clique aqui!

– Artigos do Technet Wiki

O Technet Wiki é um portal colaborativo poderoso, com materiais para as mais diversas situações, onde toda a comunidade de TI espalhada pelo mundo contribui de forma voluntária para ajudar a todos! Lembre-se que você pode ajudar também!

Nesse portal há artigos explicando passo a passo como instalar um ambiente Windows, como manter um ambiente Windows, instalação de soluções Microsoft, como desenvolver, dicas, entre outros assuntos.

Separei alguns artigos para ajudar você a se preparar, desde montar seu ambiente de estudos a conseguir descontos para certificações! Enjoy!!!!!

image

— Preparando um ambiente de estudos

Windows 8: Instalando o Hyper-V
Autor: Silas P

Instalando o Windows Server 2012
Autor: Luciano Lima

— Certificações

Como Agendar uma Prova de Certificação
Autor: Alan do Nascimento Carlos

Certificações MTA
Autor: Rogério Molina

Artigos sobre ALM (Application Lifecycle Management)
Autor: Vários

Especializações Microsoft Gratuitas no Microsoft Virtual Academy
Autor: Alan do Nascimento Carlos

Cursos Gratuitos Preparatórios para Certificação Windows 2012
Autor: Alan do Nascimento Carlos

Pesquise no Technet Wiki, e veja muitos outros artigos úteis!

Um forte abraço!

Alan Carlos
Technet Wiki Ninja

ALM – Integração Enterprise Architect e Team Foundation Server

 

Nesse artigo irei demonstrar como integrar os Work Items do Team Foundation Server com o Enterprise Architect.

Requisitos:

Instale o MDG para o Visual Studio, para isso acesse o artigo abaixo:

http://social.technet.microsoft.com/wiki/pt-br/contents/articles/23514.alm-integracao-visual-studio-e-enterprise-architect.aspx

Configuração:

Abra a View do EA dentro do Visual Studio.

image

Em seguida vá ao Menu Team Foundation Server e em Work Item View.

image

Depois vá em Link Properties.

image

Digite o endereço do seu servidor TFS e o Projeto do Team System.

image

Pronto! Já é possível criar Work Items associados ao seu UML.

image

image

Também é possível configurar mapeamentos, etc.

image

image

Bom é isso, até a próxima!

Alan Carlos