Windows Containers-Instalando o Provedor de Imagens de Containers no Windows

Introdução

Esse artigo tem a finalidade de explicar como instalar um provedor de imagens de containers para ser utilizado no Windows.

Passos

Utilizando o Windows Powershell ISE, execute o comando:

Install-PackageProvider ContainerImage

image

Continuar lendo

VSO–Conhece o Visual Studio Online?

Para que não conhece o Visual Studio Online, é um serviço da Microsoft que ofere toda a estrutura do Visual Studio Team Services para você programar facilmente com toda uma estrutura preparada, sendo que para times de até 05 usuários, totalmente FREE ((GRÁTIS).

Para usar acesse:

https://www.visualstudio.com/vso/

image

Use seu e-mail do HOTMAIL para fazer login e divirta-se!

Em breve mais posts explicando os detalhes de uso do Portal.

Alan

Windows Cloud – Storage Space Replica – Requisitos

Introdução

Esse artigo tem como objetivo explanar os requisitos para a implantação do Storage Space Replica.

Requisitos Gerais

– Windows 2016 Datacenter Edition;

– Active Directory (Autenticação Kerberos);

– Discos do Storage iniciados em GPT;

– Mesma geometria de discos e particionamento de discos;

– Espaço livre para logs;

– Não replicar paginação, SystemRoot, hibernação, arquivos de dump ou similares. Replicar apenas discos de dados envolvidos no Storage Space;

– Portas liberadas no firewall ICMP, SMB e WS-MAN (Windows Server Management);

Requisitos Storage Space Stretch

– Active Directory Domain Services (não precisa executar o Windows Server 2016);

– Pelo menos dois servidores com Windows Server 2016 instalados;

– Dois conjuntos de armazenamento compartilhado, usando SAS JBODs, Fibre Channel SAN, VHDX Shared, ou iSCSI Target. O armazenamento deve conter uma mistura de mídias HDD e SSD e deve apoiar Reserva Persistente;

– Configurações do armazenamento: Você vai fazer com que cada de armazenamento definido disponível para dois dos servidores somente (assimétricas). Cada conjunto de armazenamento deve permitir a criação de pelo menos dois discos virtuais, um para dados replicados e um para logs. O armazenamento físico devem ter as mesmas dimensões do setor em todos os discos de dados. O armazenamento físico devem ter as mesmas dimensões do setor em todos os discos de log;

– Pelo menos uma conexão 1GbE em cada servidor para replicação síncrona, mas de preferência RDMA;

– Pelo menos 2 GB de RAM e dois núcleos por servidor;

– Você vai precisar de mais memória e núcleos para mais máquinas virtuais;

– Regras de firewall e roteador adequadas para permitir ICMP, SMB (porta 445, além de 5445 para SMB Direto) e WS-MAN (porta 5985) o tráfego bidirecional entre todos os nós. Uma rede entre os servidores com largura de banda suficiente para conter seu escrever carga de trabalho IO e uma média de = 5 ms de latência de ida e volta, para a replicação síncrona. replicação assíncrona não tem uma recomendação de latência;

– O armazenamento replicado não pode ser localizado na unidade que contém a pasta do sistema operacional Windows;

Windows Cloud – Storage Space Replica – Tipos

Stretch Cluster

Cenário onde dois nós compartilham um conjunto de armazenamento e dois nós compartilham um outro conjunto de armazenamento e em seguida, a replicação mantém ambos os conjuntos de armazenamento espelhado no cluster para permitir o failover imediato. Estes nodos e o seu armazenamento deve estar localizado em locais físicos distintos, embora não seja necessário.

Diagram showing two nodes in Redmond replicating with two nodes of the same cluster in the Bellevue site

Cluster to Cluster

Nesse cenário você irá preparar esses computadores e armazenamento em uma configuração de cluster para cluster, onde um cluster replica seu próprio conjunto de armazenamento com outro cluster e seu conjunto de armazenamento. Estes nodos e o seu armazenamento devem estar localizado em locais físicos distintos.

Diagram showing an example environment with a cluster in the Redmond site replicating with a cluster in the Bellevue site

Server to Server

Você pode  configurar dois servidores para sincronizar dados de modo que cada um tem uma cópia idêntica do mesmo volume.

Diagram showing a server in Building 5 replicating with a server in Building 9

Windows Cloud – Storage Space – Introdução

Introdução

É uma tecnologia do Windows e Windows Server que permite que você virtualize o armazenamento através do agrupamento de discos de padrão industrial nos pools de armazenamento e crie espaços de armazenamento por meio da capacidade disponível nos pools de armazenamento. Este tópico apresenta uma visão geral da tecnologia e da nova funcionalidade Espaços de Armazenamento no R2 do Windows Server 2012 e aprimorada no Windows Server 2016.

Storage Space

A funcionalidade Espaços de Armazenamento possibilita soluções de armazenamento econômicas, de alta disponibilidade, dimensionáveis e flexíveis para implantações (físicas ou virtuais) críticas para a empresa. Os Espaços de Armazenamento fornecem recursos sofisticados de virtualização do armazenamento, que permitem que os clientes utilizem armazenamento padrão do setor para um único computador e implantações dimensionáveis com vários nós. Eles são adequados para uma grande variedade de clientes, inclusive corporações e empresas de hospedagem em nuvem, que usam o Windows Server para armazenamento altamente disponível que poderá crescer com a demanda a um custo compensador.

Com os Espaços de Armazenamento, a pilha de armazenamento do Windows foi essencialmente aprimorada para incorporar duas novas abstrações:

Pools de armazenamento. Uma coleção de discos físicos que permite agregar discos, expandir a capacidade de forma flexível e delegar a administração.

Espaços de armazenamento. Discos virtuais criados a partir do espaço livre em um pool de armazenamento. Os espaços de armazenamento possuem atributos como nível de resiliência, camadas de armazenamento, provisionamento fixo e controle administrativo preciso.

Storage Space Replica

Funcionalidade disponível no Windows Server 2016, que tem a capacidade de replicar volumes inteiros a nível de bloco de forma síncrona ou assíncrona.

Este recurso serve para cenários de recuperação de desastres em que é necessária uma cópia de segurança “online” para um rápido failover em caso de uma grande catástrofe.

Storage Space Direct

Feature semelhante a um RAID, mas em nível de software. O Storage Spaces do Windows Server 2016 tem acapacidade de construir um sistema de armazenamento altamente disponível usando discos ligados diretamente a cada nodo de um Cluster.

DevOps Summit 2016 – Microsoft SysInternals

facebook_devopssummitbrasil_euvou

Olá Pessoal!!

Não percam o DevOps Summit 2016 que acontecerá nos dias 06 e 07 de Maio na Microsoft em São Paulo!

Para quem não sabe o DevOps Summit é a união dos eventos ALM Summit e Azure Summit ou seja, dois eventos em um só! É muito conteúdo de qualidade! Não percam!

Para se cadastrar acesse o link e faça sua inscrição: Clique aqui para fazer sua inscrição!

Palestra: DevOps Analisando o Comportamento de Aplicações Usando o Microsoft SysInternals

Eu estarei palestrando sobre como analisar sua aplicação on-premise ou na Nuvem usando o Microsoft SysInternals!

Para quem não sabe SysInternals é um pacote de ferramentas para Desenvolvedores e IT Pros desenvolvido pela Microsoft (Mark Russinovich) para auxiliar no gerenciamento, solucionar problemas e diagnosticar situações em seus aplicativos e sistemas Windows. São ferramentas amplamente utilizadas pelos Premier Field Engineering (PFE) e os Dedicated Support Engineering (DSE) da Microsoft e seus parceiros em DevOps, Desenvolvimento e IT Pro.

Nos vemos lá!

Alan Carlos

Inicie sua StartUp com o Pé Direito! Ou com o pé esquerdo, se você for canhoto, eu sou…"

Um dos maiores problemas no início de uma empresa são os custos. Mesmo parecendo que uma empresa de desenvolvimento de software possui um custo baixo, pois tecnicamente não necessita de tantos materiais físicos e sim intelectuais, existe sim custos como softwares, hospedagens dos seus “pilotos” quando os aplicativos são desenvolvidos para a Nuvem, mesmo usando-se softwares Open Sources. Então muitos acabam optando por usar ambientes de baixo custos, abrem mão de determinadas ferramentas que auxiliariam em seu desenvolvimento e qualidade do seu software devido aos custos, etc.

Aí que entra o programa BizSpark da Microsoft!

Um programa que dá gratuitamente créditos no Microsoft Azure para usar em desenvolvimento, testes e produção além das licenças dos aplicativos que você usa para desenvolver.

Imagine ter Visual Studio, Virtualizações, Serviços de Hospedagem de Sites, Aplicativos, Versionamento e Controle do seu Software, Ferramentas de Telemetria, Testes, Qualidade gratuitamente!!!

Ou seja, você poderá ter uma conta no Microsoft Azure para hospedar seu software, criar virtualizações, sites Web, Microsoft Office, baixar ferramentas da Microsoft gratuitamente por até 03 anos.

E depois Alan, quando acabar esses três anos, terei que pagar algo? 

Aí que está o melhor do programa, todos os softwares que você baixar serão seu, mesmo com  fim do programa. E você ainda poderá ter créditos no Microsoft Azure aderindo ao programa Microsoft Partner, obtendo competências como ISV, Cloud, etc. Mas isso fica para um próximo post!

Aproveite e cadastre-se ainda hoje no programa BizSpark.

Qualquer dúvida, me pergunte!

Até a próxima!