Windows–Visualizar Dependências faltantes

Introdução

Esse artigo tem como finalidade demonstrar como identificar se há alguma dependência ou DLL faltando para o funcionamento adequado de um software.

Passos

Faça o download da ferramenta Dependecy Walker (depends.exe).

http://www.dependencywalker.com/

Em seguida abra o executável que você deseja investigar

image

Ele irá trazer as dependências e subdependências que o aplicativo utiliza e possíveis erros para análise e comparações

image

O que é o Programa MVP?

AAEAAQAAAAAAAAkuAAAAJGNmODk3Njc5LWU1MGUtNGViNC1iZGJiLWM2NjdkOTU1ZDU5NQ

Lembro como se fosse ontem… Eu estava em um intercâmbio de inglês, e um grande amigo meu, que admiro muito como pessoa e profissional, o André Dias (MVP) me chamou no Skype e escreveu-me: – Parabéns pela premiação MVP! Na hora achei que era brincadeira dele, e ele me disse: – Ops, acho que me adiantei. Mas na verdade a notícia estava no meu e-mail, eu que ainda não havia lido devido ao meu curso, não acessava meus e-mails com frequência (depois de 10 anos initerruptos trabalhando).

Naquele momento foi a maior realização profissional da minha vida, havia me tornado um Microsoft MVP (Most Valuable Professional). Imagine eu, uma analfabeto em inglês, tentando explicar minha felicidade aos meus colegas de curso (italianos, franceses, americanos, suiços, poloneses, rssss)

Eu que desde meus 08 anos de idade mexia em sistemas Microsoft (bom e velho BASIC dentro do MSX ligado em uma televisão de tubo). Carregava meus jogos em fita K-7 e “rezava” para que funcionasse para que eu e minha irmã pudéssemos jogar por horas e horas.

Depois de + de 20 anos de estudos, dedicação, apaixonado por computadores, sistemas Microsoft e tantos outros fabricantes, acabara de receber o maior prêmio que pode ser dado e conquistado por reconhecimento, não por provas de certificação, nem comprando cursos, logo eu, que nunca imaginei que poderia ganhar algo assim!

Mas enfim Alan, o que é esse prêmio Microsoft MVP?

O Programa MVP foi criado pela Microsoft para reconhecer os líderes comunitários que apoiam as comunidades, escrevendo artigos, participando de eventos, criando vídeos de divulgação, respondendo à foruns, sobre as tecnologias e soluções da Microsoft e interoperabilidade com outros sistemas.

“Comunidades técnicas desempenham um papel vital na aprovação e avanço da tecnologia e em ajudar nossos clientes a fazer grandes coisas com nossos produtos e serviços. Por mais de duas décadas, a Premiação MVP nos forneceu uma oportunidade para agradecer aos líderes comunitários independentes e para trazer a voz da comunidade em nosso roteiro de tecnologia através de relações diretas com as equipes de produto da Microsoft e eventos como MVP Global Summit.”
Por Microsoft

Como se tornar um MVP?

Embora não haja um ponto de referência para se tornar um MVP, em parte porque ele varia de acordo com a tecnologia e seu ciclo de vida, alguns dos critérios que avaliamos inclui o impacto das contribuições de um candidato ao fóruns on-line, tais como Microsoft Answers, TechNet e MSDN; wikis e conteúdo on-line; conferências e grupos de usuários; podcasts, sites, blogs e mídias sociais; e artigos e livros. As contribuições de cada candidato são comparados com os de outros candidatos, e MVPs ativos recebem o mesmo nível de análise que os novos candidatos a cada ano.
Por Microsoft

Quer saber mais sobre esse incrível programa? Acesse o site oficial e participe, quem sabe você não é o próximo a receber uma notícia incrível como essa?

Site Oficial – Microsoft MVP

Dúvidas? Me perguntem!

Até a próxima!

Microsoft Build

Está acontecendo desde ontem, o Microsoft Build, um dos maiores eventos de tecnologia da Microsoft.

 

build2015

 

Na data de ontem foi falando muito sobre suas novidades dentre as quais:

– Core .NET para  Linux e OSX

– Edge – Novo navegador da Microsoft

– Office Sway

– Hololens e muito mais.

Se perdeu, veja os vídeos gravados de ontem aqui: http://channel9.msdn.com/?wt.mc_id=build_hp

E continue acompanhando dentro de alguns instantes a continuação e fique por dentro de tudo!

Alan Carlos

TechNet – Domingo – Final de Semana Surpresa – TNWiki Summit 2015

Olá Comunidade TechNet Wiki, hoje é domingo, Final de Semana Surpresa.

Nesse final de semana surpresa trago a vocês mais detalhes sobre o evento do TechNet Wiki, o TechNet Wiki Summit 2015.

Sobre do Evento

O TechNet Wiki: Internacional Summit é um evento online e gratuito idealizado pela Comunidade TechNet Wiki com um conteúdo de qualidade, feito pela comunidade! Esse evento contará com palestrantes como: funcionários da Microsoft, MVP (Most Valuable Professional), MCT (Microsoft Certified Trainer), Wiki Ninjas, e entusiastas da comunidade técnica!

Conteúdo

Nesse incrível evento teremos trilhas sobre:

Desenvolvimento: Azure, Small Basic, WPF, Transact-SQL, Windows Phone/Store, Visual C# 

Infraestrutura: Biztalk Server, FIM, SQL BI, Windows Server, Sharepoint, SQL, Office 365

Sobre o Wiki: Life, Wiki Apps, White Papers, Best Practices, Portals, Groups, Ninja Belts, TechNet Guru, Social Medias

Trilhas em Português

Além das trilhas em inglês, teremos sessões nas línguas Portuguesa-Brasil, Turca e Francesa com destaque nas trilhas em português para os assuntos:

Wiki Life – Melhores Práticas: Apresentada pelo time de Wiki Ninjas.

SQL Server: Apresentada pelo MVP em SQL Server e Wiki Ninja Durval Ramos

Segurança com Windows Server: Apresentada pelo MVP em Segurança e Wiki Ninja Luciano Lima

e também sobre ALM (Application Lifecycle Management).

Maiores Informações

Veja esse artigo em inglês escrito por Durval Ramos sobre o evento, e acompanhe na Página Oficial, além do Blog do TechNet Wiki – Brasil e não fique de fora desse evento!

Nos encontramos lá!

Alan Carlos
TechNet Wiki Ninja

TechNet Wiki – Sábado – Maiores Contribuintes na 1ª semana de Janeiro/2015

Veja a lista dos Maiores Contribuintes do TechNet Wiki da 1. Semana de Janeiro! Obrigado a todos que contribuíram com o Portal do TechNet Wiki.

http://blogs.technet.com/b/wikininjasbr/archive/2015/01/10/s-225-bado-maiores-contribuintes-na-1-170-semana-de-janeiro-2015.aspx

 

logomaiorescontribuintes2

O que é DevOps?

Introdução

Fonte: Wikipédia

DevOps (amálgama de Desenvolvedor e Operador) é uma metodologia de desenvolvimento de software que explora a comunicação, colaboração e integração entre desenvolvedores de software e profissionais de TI (Tecnologia da Informação). DevOps é a reação à interdependência entre desenvolvimento de software e operações de TI. Pretende ajudar organizações a produzir software e serviços rapidamente.

Empresas que liberam novas versões de software frequentemente podem precisar das considerações ou orientações de um DevOps. Os DevOps auxiliam empresas no gerenciamento de lançamento de novas versões, ao padronizar ambientes de desenvolvimento. Eventos podem ser acompanhados com maior facilidade, assim como o controle de processos documentados e emissão de relatórios granulares. Empresas com problemas no processo de liberação/implementação de novas versões, normalmente possuem automação, mas querem maior flexibilidade para gerenciar e conduzir esse processo – sem precisar editar tudo na linha de comando. Idealmente, essa automação deve ser disparada por recursos não operacionais, em ambientes específicos que não estejam “em produção”. O desenvolvedor ganha maior controle sobre o ambiente, e a infraestrutura maior entendimento sobre os aplicativos.
Processos simples se tornam claramente articuláveis, o DevOps simplifica processos. O objetivo é automatizar a maior quantidade possível de processos operacionais.
Integrações DevOps visam a entrega de produtos, testes de qualidade, desenvolvimento de características e releases de manutenção, de modo a incrementar a confiança e segurança, desenvolvimento rápido e ciclos de desenvolvimento. Muito das ideias (e pessoas) envolvidas com DevOps vieram dos movimentos de Gerenciamento de Sistemas Empresariais e Desenvolvimento ágil de software.

Por Microsoft

As práticas ágeis podem reduzir significativamente os tempos de desenvolvimento, mas manter uma cadência rápida de fornecimento em operações pode ser mais desafiador. Além disso, os processos também devem ser simplificados em outra direção, das operações ao desenvolvimento. É essencial capturar problemas e informações de uso de produção para ajudar a equipe de desenvolvimento a responder rapidamente e a estimular um ciclo de criação-avaliação-aprendizado. O Visual Studio estende o ALM até as operações, facilitando o gerenciamento de liberações e a automação para acelerar a implantação para operações. Ele captura diagnóstico acionável em ambientes operacionais e o fornece aos desenvolvedores, permitindo que eles reproduzam e solucionem problemas de produção. Ao usar a solução de Análise integrada no Visual Studio Online, a equipe de desenvolvimento pode reagir às informações de uso em tempo real diretamente da produção e integrada à solução ALM. O resultado é um ciclo bem-sucedido de criação-avaliação-aprendizagem que aumenta o valor fornecido aos cliente.

Linha de Soluções da Microsoft para DevOps

Release Management: Solução para gerenciamento de lançamento de aplicativos.

System Center: Solução para gerenciamento de ambientes. Maximiza a gestão de laboratórios de testes locais e noMicrosoft Azure, além de possuir ferramentas complementares para análises e monitoramento de aplicativos como oSystem Center Operations Manager e seus Management Pack de gerenciamento, e integrações com o Visual Studio Team Foundation Server, Intellitrace,  abertura automática de incidentes no portal do System Center Service Manager, além de apoio em orquestrações do aplicativo com o System Center Orchestrator.

Powershell DCS: É uma nova plataforma de gestão no Windows PowerShell, que permite a implementação e gerenciamento de dados de configuração de software e serviços de gerenciamento do ambiente. O DSC fornece um conjunto de extensões de linguagem do Windows PowerShell, novos cmdlets do Windows PowerShell, e os recursos que você pode usar para especificar de forma declarativa como você deseja que seu ambiente fique configurado. Ele também fornece um meio para manter e gerenciar as configurações existentes. Por exemplo, se um aplicativo necessita do Internet Information Services em um ambiente, você poderá implantar esse recurso de forma declarativa, usando o Powershell DCS, com poucos comandos.

Applications Insights: O Visual Studio Online Application Insights é um novo serviço baseado em nuvem (atualmente, na versão Preview) que coleta informações detalhadas sobre operações, desempenho e utilização do cliente a partir de aplicativos de servidor e de cliente/dispositivo – estejam eles sendo executados localmente, no Microsoft Azure, em um provedor de nuvem de terceiros ou em uma combinação dos três. Com esta “visão em 360 graus” da disponibilidade, do desempenho e do uso de seus aplicativos e serviços, você pode detectar rapidamente problemas de desempenho e disponibilidade, determinar a causa-raiz e se conectar a uma experiência de diagnóstico avançada no Visual Studio. O Application Insights também fornece informações para o aprimoramento contínuo de seus aplicativos e a priorização de investimentos futuros

Microsoft Connect – Contribuindo com a Microsoft

Introdução

O Microsoft Connect é um Portal que a Microsoft oferece a comunidade técnica para que ajudem contribuindo com análises em versões de produtos que estão para ser liberados, fornecendo comentários, encontrando BUGS e participando ativamente nesse processo.

connect2

Saiba mais no texto abaixo da Microsoft:

“O Microsoft Connect foi lançado em julho de 2005. Desde então, milhões de usuários se inscreveram no site para aprimorar a qualidade e contribuir com as versões futuras dos produtos da Microsoft por meio do fornecimento de comentários.
Até o momento, mais de 90.000 defeitos foram corrigidos e mais de 7.000 ideias foram implementadas nos produtos da Microsoft, graças a pessoas como você!
Estas são algumas das coisas que você pode fazer neste site:

– Encontrar produtos da Microsoft atualmente abertos ao recebimento de comentários da comunidade
– Participar de programas de comentários gerenciados pelas equipes de produtos da Microsoft
– Baixar e testar produtos beta
– Enviar bugs e sugestões para versões futuras dos produtos da Microsoft
– Votar, comentar e validar os comentários de outras pessoas”

Como Participar?

Acesse o site do Microsoft Connect, e pesquise um produto que você tem interesse em participar para identificar se há alguma versão em aberto com vagas para participação. Por exemplo: SQL Server

image

Digite o nome do produto e clique em Pesquisar.

image

Em seguida, identifique o programa que você deseja participar e clique em Ingressar.

image

Leia os termos, formas de acesso, e informações adicionais.

image

Depois você poderá realizar o Download do produto e participar realizando validações e enviando Feedbacks a Microsoft.

Importante: Preferencialmente, instale o produto em uma virtualização e em homologação e não use o mesmo como produção, pois está em fase BETA e não há suporte para incidentes em produção.

image

image

Você também pode ingressar através da lista de programas disponíveis. Para isso vá no Portal e clique em Procurar no Diretório de produtos inteiro.

image

image

Observer que alguns produtos aceitam apenas BUGS, outros aceitam apenas SUGESTÕES ou ambos.

image

Você também pode assinar a lista por RSS se desejar.

image

image

Maiores Informações

– Acesse o Portal do Microsoft Connect: https://connect.microsoft.com/

– Saiba mais: https://connect.microsoft.com/intro/

– Acesse a Ajuda do Portal do Microsoft Connect: https://connect.microsoft.com/help/

– Termos de Uso: https://connect.microsoft.com/terms.aspx