DevOps – DevOps Project – Painel de CI/CD

Introdução

Vimos nos posts anteriores, como configurar um Projeto de DevOps e como funciona o CI e CD de seu projeto no Azure de forma simples e automática.

Para saber mais, veja os links abaixo:

DevOps Project – Parte 1/2
DevOps Project – Parte 2/2

Agora vamos conhecer mais sobre o painel de CI e CD do DevOps Project e como funciona.


Painel de CI e CD

Nesse painel, você pode acompanhar os Commits (Alterações) feitas em seu código, os builds gerados e os releases sendo feitos em seu ambiente.

Vamos observar mais a fundo o painel. No painel temos a parte de CODE que demonstra a branch e os últimos COMMITS dados nessa Branch.

image

Se você clicar na Branch (no caso a MASTER) você irá abrir o Portal do VSTS onde encontra-se o código-fonte de sua aplicação.

image

image

Para quem é familiarizado com o TFS/VSTS é uma tela que demonstra o repositório GIT do seu projeto e seu código-fonte.

Em BUILD demonstra os últimos BUILDS realizados e caso você deseje alterar, configurar, mudar a forma de gatilho do CI é só clicar nele.

image

image

Observe que o BUILD é gerado no agente HOSTED do VSTS, dando a você a opção de não ter necessidade de um servidor específico para BUILD, pois como é de conhecimento o VSTS oferece tal opção.

image

Você pode editar sua Build Definition clicando em EDIT do lado direito da tela.

image

Se você for em TRIGGERS verá como o gatilho está configurado. No caso a BRANCH que é executado o BUILD é na MASTER com a opção do CI habilitada, ou seja, a cada COMMIT é disparado um BUILD.

image

Você pode realizar alterações nessa TRIGGER colocando agendamentos de execução, por exemplo:

image

Pode inserir variáveis, inserir mais Tasks para customizar seu BUILD conforme sua necessidade, dentre as diversas opções disponíveis em uma Build Definition.

image

Por último, no painel temos o Release, no caso no painel de CI/CD está o nome do ambiente.

image

image

Você também pode realizar alterações, conforme sua necessidade. Vamos observar o funcionamento.

image

Observe que o Build é resgatado do diretório DROP onde estão os artefatos de Build, e em seguida são implantados no ambiente de DEV.

image

A Trigger de CD está ativada, ou seja, a cada BUILD a TRIGGER dispara para ser implantado em ambiente sua aplicação. No caso o ambiente de DEV possui uma TASK que nada mais é que um Deploy no Azure App Service, pois foi essa escolha que fizemos quando criamos nosso primeiro projeto no post anterior.

image

Se você for em Azure Subscription observará que o EndPoint aponta para sua assinatura do Azure.

image

Você pode fazer diversas alterações em seu CD como o uso de SLOTS, mudança de assinatura ou WebApp, entre outras alterações conforme sua necessidade.

Você pode implementar mais ambientes em seu projeto, como o ambiente de QA por exemplo, apontando para outro ambiente que não o DEV.

image

No próximo post iremos falar mais sobre os demais paineis, segurança entre outras questões do DevOps Projects.

Até a próxima!

Alan Carlos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s