O que é DevOps?

Introdução

Fonte: Wikipédia

DevOps (amálgama de Desenvolvedor e Operador) é uma metodologia de desenvolvimento de software que explora a comunicação, colaboração e integração entre desenvolvedores de software e profissionais de TI (Tecnologia da Informação). DevOps é a reação à interdependência entre desenvolvimento de software e operações de TI. Pretende ajudar organizações a produzir software e serviços rapidamente.

Empresas que liberam novas versões de software frequentemente podem precisar das considerações ou orientações de um DevOps. Os DevOps auxiliam empresas no gerenciamento de lançamento de novas versões, ao padronizar ambientes de desenvolvimento. Eventos podem ser acompanhados com maior facilidade, assim como o controle de processos documentados e emissão de relatórios granulares. Empresas com problemas no processo de liberação/implementação de novas versões, normalmente possuem automação, mas querem maior flexibilidade para gerenciar e conduzir esse processo – sem precisar editar tudo na linha de comando. Idealmente, essa automação deve ser disparada por recursos não operacionais, em ambientes específicos que não estejam “em produção”. O desenvolvedor ganha maior controle sobre o ambiente, e a infraestrutura maior entendimento sobre os aplicativos.
Processos simples se tornam claramente articuláveis, o DevOps simplifica processos. O objetivo é automatizar a maior quantidade possível de processos operacionais.
Integrações DevOps visam a entrega de produtos, testes de qualidade, desenvolvimento de características e releases de manutenção, de modo a incrementar a confiança e segurança, desenvolvimento rápido e ciclos de desenvolvimento. Muito das ideias (e pessoas) envolvidas com DevOps vieram dos movimentos de Gerenciamento de Sistemas Empresariais e Desenvolvimento ágil de software.

Por Microsoft

As práticas ágeis podem reduzir significativamente os tempos de desenvolvimento, mas manter uma cadência rápida de fornecimento em operações pode ser mais desafiador. Além disso, os processos também devem ser simplificados em outra direção, das operações ao desenvolvimento. É essencial capturar problemas e informações de uso de produção para ajudar a equipe de desenvolvimento a responder rapidamente e a estimular um ciclo de criação-avaliação-aprendizado. O Visual Studio estende o ALM até as operações, facilitando o gerenciamento de liberações e a automação para acelerar a implantação para operações. Ele captura diagnóstico acionável em ambientes operacionais e o fornece aos desenvolvedores, permitindo que eles reproduzam e solucionem problemas de produção. Ao usar a solução de Análise integrada no Visual Studio Online, a equipe de desenvolvimento pode reagir às informações de uso em tempo real diretamente da produção e integrada à solução ALM. O resultado é um ciclo bem-sucedido de criação-avaliação-aprendizagem que aumenta o valor fornecido aos cliente.

Linha de Soluções da Microsoft para DevOps

Release Management: Solução para gerenciamento de lançamento de aplicativos.

System Center: Solução para gerenciamento de ambientes. Maximiza a gestão de laboratórios de testes locais e noMicrosoft Azure, além de possuir ferramentas complementares para análises e monitoramento de aplicativos como oSystem Center Operations Manager e seus Management Pack de gerenciamento, e integrações com o Visual Studio Team Foundation Server, Intellitrace,  abertura automática de incidentes no portal do System Center Service Manager, além de apoio em orquestrações do aplicativo com o System Center Orchestrator.

Powershell DCS: É uma nova plataforma de gestão no Windows PowerShell, que permite a implementação e gerenciamento de dados de configuração de software e serviços de gerenciamento do ambiente. O DSC fornece um conjunto de extensões de linguagem do Windows PowerShell, novos cmdlets do Windows PowerShell, e os recursos que você pode usar para especificar de forma declarativa como você deseja que seu ambiente fique configurado. Ele também fornece um meio para manter e gerenciar as configurações existentes. Por exemplo, se um aplicativo necessita do Internet Information Services em um ambiente, você poderá implantar esse recurso de forma declarativa, usando o Powershell DCS, com poucos comandos.

Applications Insights: O Visual Studio Online Application Insights é um novo serviço baseado em nuvem (atualmente, na versão Preview) que coleta informações detalhadas sobre operações, desempenho e utilização do cliente a partir de aplicativos de servidor e de cliente/dispositivo – estejam eles sendo executados localmente, no Microsoft Azure, em um provedor de nuvem de terceiros ou em uma combinação dos três. Com esta “visão em 360 graus” da disponibilidade, do desempenho e do uso de seus aplicativos e serviços, você pode detectar rapidamente problemas de desempenho e disponibilidade, determinar a causa-raiz e se conectar a uma experiência de diagnóstico avançada no Visual Studio. O Application Insights também fornece informações para o aprimoramento contínuo de seus aplicativos e a priorização de investimentos futuros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s